Um projecto de:

Excerto do argumento "Amor de Perdição", de Steven Spielberg

Autor Steven Spielberg
Tipologia Documento
Data c.1980
Nº de Catálogo #021
Propriedade Guilherme Gomes

Contextualização

Encontrado por um emigrante português nos Estados Unidos, este é uma página de um guião que Steven Spielberg escreveu para um filme a ser filmado em Viseu baseado na obra "Amor de Perdição", de Camilo Castelo Branco. O português e viseense era bombeiro e fazia parte da equipa de salvamento voluntária. A folha, trazida pela corrente – conta – ficou presa à sua perna e enquanto examinava alguns escombros. Ao aperceber-se dela, segurou-a na mão para que escorresse e, percebendo que se tratava de uma folha de um guião, decidiu guardá-la, dobrando-a em quatro. Afinal, duas semanas antes um realizador tinha ido até ao Quartel dos Bombeiros fazer um documentário, o que despertara o interesse do bombeiro na cinematografia.

Foi só mais tarde que se reparou numa palavra a flutuar no canto superior esquerdo da página: "Steven", palavra essa que correspondia exactamente à assinatura de Steven Spielberg. Desde então guardou religiosamente a folha.

No verão de 2011, numa visita à sua família em Portugal, descobriu que existe uma Sociedade Portuguesa de Estudos Spielberguianos e doou o documento. Esta associação é que cedeu a página para estar em exposição no Museu do Falso, através de um dos seus membros, Guilherme Gomes.

Quanto à página em si, tem alguns apontamentos e correcções que se julga terem sido feitas pelo próprio realizador, no papel de argumentista. Foi tanto o interesse que a obra lhe suscitou que Spielberg já tinha falado com actores como Leonardo DiCaprio e Meryl Streep para fazerem parte do elenco.

O filme acabou por não se realizar, crê-se, pois, na mesma altura surgiu a oportunidade realizar E.T., filme que viria a ser dos mais emblemáticos da sua carreira. O projecto ficou pendente e o guião foi guardado na sua casa de férias, em Nova Orleães. Infelizmente, em 2005, a casa foi completamente destruída pelo furacão Katrina e esta página é o único excerto que resistiu, quase intacto, ao desastre.

No documento pode ler-se:


True Love

Part five
Viseu City

Municipal LIBRARY
SIMAO is walking around the library, touching some books.
He doesn't look at the books, instead he looks to the door constantly.

LIBRARIAN
May I help you, sir?

SIMAO
Sorry?

LIBRARIAN
I was asking if you needed help, sir.

SIMAO
…oh! No, thank you. I am waiting for someone.

LIBRARIAN
Very well.

SIMAO continues to look at the door. He eventually seats down. The LIBRARIAN keeps looking at him. A figure knocks at the window. It's TERESA, she's disguised. She calls SIMAO to the street. SIMAO runs to the outside.

TERESA
We cannot continue this, it's dangerous.

SIMAO
I don't care, I love you.

TERESA
You do?

SIMAO
I love like in the books.
I love you just as much as there are words in the world.
I love you so much I could die for you more than once.

TERESA
You silly.

SIMAO
Do you love me?

TERESA
Of course I do, Simao. But I can't.

SIMAO
You can't?

TERESA
No, neither can you love me.



info@projectopatrimonio.com | Rua Silva Gaio nº29 3500-203 Viseu | 232 416 473 | 914 323 542
Todos os conteúdos são propriedade exclusiva da ANTROPODOMUS - Projecto Património, Lda.
A sua reprodução total ou parcial é expressamente proibida sem a respectiva autorização.
© ANTROPODOMUS - Projecto Património, Lda. 2012.